Artesanato é arte?

De acordo com o Dicionário Brasileiro de Língua Portuguesa, um artesão é um indivíduo que “produz, por prazer artístico ou profissionalmente, trabalho que depende de habilidade manual”. Nesse sentido, o artesanato é uma técnica profissional e artística.

Apesar desse conceito, o artesanato ainda leva descrédito quando elevado à categoria de arte. Por que um quadro feito a mão por um pintor é considerado uma obra de arte e, em contrapartida, uma peça feita em crochê não é vista como um objeto artístico, apesar de ambos serem produzidos com intuito de enfeitar e embelezar?

Para responder essa pergunta, elencamos alguns pontos para explicar a relação entre arte e artesanato. 

Acompanhe com a gente:

1. Definição de arte

Primeiramente, introduzimos o conceito de artesanato. Mas qual a definição de arte? A arte é a “utilização da técnica de imitação da natureza, com vistas a um resultado prático que pode ser obtido por meios diferentes, em diversos campos de atividade”.

Portanto, um artista é um indivíduo que une suas técnicas e criatividade para obter um resultado prático – uma dança, um quadro, um filme ou uma escultura, por exemplo. Pode ser uma forma de expressão, bem como pode visar algum tipo de reconhecimento – material ou não – a partir dessa ação ou objeto.

Diante disso, o artesanato é feito de técnicas, criatividade, expressão e busca por reconhecimento. Se uma obra de arte tem o intuito de vender e captar atenção por sua beleza, as peças artesanais também seguem o mesmo objetivo.

Um exemplo disso são os holofotes voltados para a alta-costura como tendência do inverno de 2022, de acordo com a Vogue. Isso demonstra a capacidade do artesanato de embelezar, vender e ainda ser uma obra de arte.

Assim, podemos concluir que a definição de arte se assemelha com a do artesanato, sendo possível colocá-las no mesmo patamar de técnica e finalidade.

2. A questão monetária

Como citamos no tópico anterior, a arte também pode visar algum tipo de reconhecimento – material ou imaterial. Apesar disso, a questão monetária ainda é um recurso que muitas pessoas usam para separar o artesanato da arte.

As peças artesanais são, em sua maioria, produzidas para venda e esse é um fator que ocasiona na objetificação da arte. Nesse sentido, todo o trabalho desempenhado pela artesã para crochetar uma mandala, por exemplo, é visto não como um processo, mas como um trabalho realizado unicamente para gerar um produto para consumo.

Esta visão vai contra a lógica sustentável que o artesanato prega, além de contribuir para a desvalorização de todo o processo artístico da artesã.

3. A desvalorização do artesanato

Ainda sobre desvalorização, a razão pela qual o artesanato não é valorizado o suficiente para ser considerado uma obra de arte está relacionada com fatores históricos. Já comentamos aqui os principais motivos da desvalorização do artesanato, mas precisamos destacar esse fato para relacioná-lo com a arte.

Em síntese, por conta da revolução industrial e um modelo de mercado injusto com pequenos produtores, o artesanato foi visto cada menos como uma técnica importante, trabalhosa e artística. Aqui, vale destacar o quanto isso prejudica a saúde mental da artesã.

Diante disso, esses motivos contribuíram não só para a desvalorização do artesanato, mas também para o distanciamento entre as técnicas artísticas e o trabalho artesanal. Consequentemente, distanciou-se também da visão do que é uma obra de arte e o que são as peças artesanais.

Vale destacar que já comentamos anteriormente sobre algumas ações práticas que contribuem para uma maior valorização do trabalho artesanal. Precisamos lembrar que a valorização do artesanato começa pelo artesão, então para conferir essas dicas basta clicar aqui.


O nome “arte” já faz parte da palavra artesanato. Portanto, diante desses pontos que elencamos, o artesanato não é apenas uma técnica de trabalho manual, mas também artística. Desse modo, é preciso lutar todos os dias para uma maior valorização e reconhecimento das peças artesanais.

Por fim, para continuar apoiando esse tipo de conteúdo, siga-nos nas principais redes sociais para continuar acompanhando conteúdos sobre artesanato, principalmente crochê e filtros dos sonhos. Estamos no Instagram, Pinterest e Youtube. Apoie também a excelente fotógrafa que produziu as fotos dessa postagem, a Aline Caron.

Um brisebeijo! 😘

Deixe um comentário

*

×
Product added to cart

Nenhum produto no carrinho.